Notícias

Presidente e diretores do Sindilabs-GO reúnem-se com o prefeito em exercício de Goiânia

 

A presidente do Sindilabs-GO, Christiane do Valle, reuniu-se hoje, 12, pela manhã com o prefeito em exercício da capital, Rogério Cruz, o secretário Municipal de Saúde, Durval Pedroso, e o secretário de Governo, Andrey Azeredo. Muito produtivo, o encontro, que contou também com a participação de diretores e assessores do Sindilbas-GO, debateu o fortalecimento da parceria entre o setor privado e o poder público para ampliar e melhorar a assistência à saúde dos goianienses.

Um dos pontos abordados foi o atendimento dos procedimentos eletivos que deixaram de ser realizados desde o início da pandemia. Durval Pedroso informou que está fazendo um levantamento desta demanda, que deixou de ser atendida nos últimos meses, principalmente em alta e média complexidades.

“Não adianta pensarmos que a rede pública sozinha conseguirá atender essa demanda represada”, disse o secretário, adiantando que vai reavaliar a parceria com a rede de apoio para melhorar a saúde na capital.

Christiane do Valle, que preside também a Fehoesg, afirmou que as instituições privadas estão abertas ao diálogo e prontas para colaborar. Ela sugeriu mudanças no modelo atual de encaminhamento de pacientes, que tem sobrecarregado as unidades públicas e filantrópicas e deixado ociosa a rede privada credenciada pelo Sistema Único de Saúde (SUS), o que muitas vezes penaliza quem depende do SUS, prolongando a espera por exames, por exemplo.

Outro ponto em pauta foi o repasse dos recursos já liberados pelo Ministério da Saúde para o pagamento dos prestadores de serviços de saúde credenciados pelo SUS. Essa verba, destinada a auxiliar os prestadores entre março e setembro passado, quando seus atendimentos foram suspensos devido à pandemia, já está no caixa da Secretaria Municipal de Saúde, mas a gestão anterior não repassou nenhuma parcela aos credenciados.

Com a posse da nova administração municipal, o Sindilabs-GO suspendeu a ação judicial impetrada para a cobrança dos valores devidos. “Estamos novamente buscando o diálogo para tentar receber essa verba”, disse a presidente. O prefeito em exercício afirmou que a Secretaria Municipal de Saúde fará um levantamento dos valores e será estudada uma solução para o problema. Uma nova reunião com o secretário da Saúde deve acontecer nas próximas semanas.
 


Assessoria de Comunicação - Fehoesg - 12/01/2021

 

Newsletter

Casdastre-se para receber nossos informativos:

 

Federação dos Hospitais do Estado de Goiás

Av. Goiás nº 609, sala 702, Ed. Sandoval de Azevedo, Setor Central
CEP 74005-010 - Goiânia - Goiás

 

Telefone:(62)3093 4311

 

[email protected]

GOsites