Informativo FEHOESG NOTÍCIAS

FEHOESG NOTÍCIAS Nº 86 (04/08/2017)

FEHOESG NOTÍCIAS
Informativo da Federação dos Hospitais, Laboratórios, Clínicas de Imagem e  Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Estado de Goiás
Ano 4 Nº 86 04/08/2017

 

ANS atende pleito da CNS e exclui deflator do critério de aplicação do Fator de Qualidade

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anunciou que vai excluir o índice 85% dos critérios para a aplicação do Fator de Qualidade no reajuste anual dos contratos entre operadoras e prestadores de serviços de saúde. A exclusão do índice deflator atende a uma reivindicação da Confederação Nacional de Saúde (CNS), que é composta por oito Federações, incluindo a Fehoesg, e foi anunciada no dia 3 de agosto pela gerente-executiva de Estímulo à Inovação e Avaliação da Qualidade Setorial da ANS, Ana Paula Cavalcante.

Segundo Ana Paula, esta alteração será feita através de Instrução Normativa, que em breve será publicada pela ANS. O modelo de remuneração de serviços é usado para reajustar contratos entre operadoras e prestadores, com previsão inicial de livre negociação e acordo entre as partes. Quando não há esse acordo nos primeiros 90 dias do ano, é usado como base o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), com a aplicação do Fator de Qualidade, que atualmente tem três níveis: (A) 105%, (B) 100% e (C) 85%, esse último considerado uma imposição e duramente criticado pela CNS.

Segundo o médico João de Lucena Gonçalves, que representou a CNS na reunião, esta mudança atende em especial ao pedido da Confederação Nacional de Saúde, "que sempre postulou a sua exclusão, já que uma alíquota que reduz o reajuste anual dos estabelecimentos de saúde não pode ser um elemento de estímulo à qualidade". Para o presidente da CNS, Tércio Kasten, a “exclusão do deflator representa uma grande vitória para hospitais, clínicas e laboratórios que prestam os serviços de saúde suplementar e que não têm condições de realizar investimentos em programas de qualidade, desta forma, estes estabelecimentos não serão mais prejudicados, pois os mesmos já prestam serviços com tabelas abaixo da expectativa". (Com informações: CNS)
 

Hospitais e clínicas podem ser obrigados a recolher exames de imagem

Hospitais, clínicas e consultórios, da rede pública e privada, podem ser obrigados a recolher chapas de exames de raio-x, tomografia e ressonância para reciclagem ou descarte correto. É o que determina projeto de lei do vereador Gustavo Cruvinel (PV), em tramitação na Câmara Municipal de Goiânia.

Para tanto, as unidades de saúde deverão dispor de local adequado e visível ao público para recolhimento dos filmes de radiografias. Além disso, precisarão fixar, em local perceptível, informações sobre os riscos da inadequada destinação, além das vantagens em se obter os exames de forma digital. Leia mais.

 

SUS pretende zerar fila de pacientes graves de hepatite C até o final de 2017

O Ministério da Saúde anunciou que buscará zerar a fila de pacientes em tratamento contra a hepatite C em todo o Brasil com a oferta pelo Sistema Único de Saúde (SUS) de uma terapia considerada inovadora para a doença.
Assim, todos os pacientes com diagnóstico de hepatite C, independentemente do grau de danos causados ao fígado, terão disponíveis na rede pública de saúde os medicamentos sofosbuvir, daclatasvir ou simeprevir.

De acordo com o Ministério da Saúde, a lista de espera de pacientes graves será zerada neste segundo semestre. Os demais pacientes com diagnóstico da doença também serão incluídos no protocolo de tratamento. Aqueles com maior gravidade terão prioridade, mas, em dois anos, todos os diagnosticados com hepatite C serão contemplados.

Estes remédios apresentam cura de cerca de 90% e serão oferecidos nas unidades básicas de saúde pelo Ministério da Saúde. O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, na semana em que foi lembrado o Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais, celebrado em 28 de julho. Leia mais.

 

Em parceria com a Fehoesg e Sindhoesg, IFL abre inscrições para novos cursos

 

Curso de Faturamento Nível II - O Instituto Francisco Ludovico (IFL) oferece aos profissionais da saúde que desejam ingressar na área de faturamento, faturistas que desejam se atualizar ou recepcionistas que tenham interesse em ótima oportunidade de capacitação, o curso de Faturamento Nível II. As inscrições para o curso, que será realizado em parceria com Sindhoesg e Fehoesg, já estão abertas.

A formação será ministrada em dois encontros: dia 12 de agosto e dia 19 de agosto, sempre das 8h30 às 17h30. São oferecidas 30 vagas e a inscrição custa 380 reais. O curso tem como objetivo apresentar as rotinas e regras com relação ao faturamento hospitalar, mesclando a parte teórica com a prática, por meio de exercícios de simulação vividos em vários setores da área hospitalar. No conteúdo programático, estão temas como faturamento hospitalar (estruturação do departamento de faturamento, organização de prontuários, divisão de tarefas, organograma e rotinas do faturamento), parametrização e atualização do sistema de gestão e faturamento ambulatorial.

Humanizando para Melhor Cuidar - Profissionais da saúde e áreas afins interessados em participar do curso Humanizando para Melhor Cuidar já podem fazer as suas inscrições. Uma inciativa do Instituto Francisco Ludovico (IFL), em parceria com a Fehoesg e o Sindhoesg, o curso com carga horária de 4 horas será realizado no dia 11 de agosto. São oferecidas 30 vagas e a inscrição custa 135 reais. 

O curso será ministrado pela psicóloga clínica Graziella Rebouças Nogueira, profissional formada pela PUC-GO, especialista em Arteterapia pelo Instituto Alquimy Art (FIZO – Faculdade Integração Zona Oeste), com atuação em Educação Infantil. Ela é professora de Gestão de Saúde do Colégio Vitória e palestrante voluntária em empresas há mais de dez anos.

O treinamento terá três temas principais: Ser Humano (Conhecer, Aceitar e Respeitar), Construção do Ser Saudável (Saúde x Doenças – Aspectos físicos e emocionais; Reações Emocionais – Raiva, medo, tristeza, alegria e variantes; Relações Sociais – A tríade: paciente/família/profissional) e Trabalho Humanizado (Paciente, Família e Equipe profissional).

Para a aplicação do programa de treinamento serão utilizados recursos didáticos e práticos, aula expositiva, além de dinâmicas e vivências com o objetivo de favorecer a compreensão do conteúdo ministrado. Também está prevista a utilização de recursos didáticos como computador, projetor multimídia, vídeos, músicas, apostilas e outros.
 

Segurança e Qualidade na Atenção ao Paciente - O Instituto Francisco Ludovico (IFL), também em parceria com a Fehoesg e Sindhoesg, está com as inscrições abertas para o curso de Segurança e Qualidade na Atenção ao Paciente, que será realizado no dia 25 de agosto, das 13h30 às 17h30. São oferecidas 30 vagas e a inscrição custa 135 reais. Haverá descontos especiais para inscrições feitas por mais de dois alunos da mesma instituição de saúde.

O curso será ministrado por Ítalo de Oliveira, enfermeiro da Emergência do Hospital do Coração e do Centro de Reabilitação e Readaptação Henrique Santillo (Crer). O palestrante é graduado pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás, com pós-graduação em Unidade de Terapia Intensiva pelo Centro de Estudos de Enfermagem e Nutrição/ Pontifícia Universidade Católica de Goiás e em Gestão em enfermagem pela Universidade Federal de São Paulo.

Entre os conteúdos previstos para o curso estão: perspectiva histórica da segurança do paciente e as legislações, segurança na prescrição, uso e administração de medicamentos, prevenção de infecções relacionadas à saúde, redução do risco de quedas e lesões por pressão, identificação do paciente e comunicação efetiva entre os profissionais.
As aulas dos três cursos serão ministradas no auditório do Sindhoesg - Rua 24, n.º 202, Setor Central, em frente à Delegacia da Mulher, em Goiânia. Mais informações pelo telefone (62) 3093- 4310, falar com a Shaya, ou pelo site www.iflcursos.com.br ou e-mail iflcursos@iflcursos.com.br.


FEHOESG NOTÍCIAS
Informativo da Federação dos Hospitais, Laboratórios, Clínicas de Imagem e Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Estado de Goiás
Ano 4 Nº 86 04/08/2017
Rua 24, 202, Centro – Goiânia (GO)
Fone (62) 3093 4309
Presidente: Dr. Carlos Alberto Ximenes
Jornalista Responsável: Rosane Rodrigues da Cunha - MTb 764/JP-GO
imprensa@fehoesg.org.br (62) 9 9903 0935
www.fehoesg.org.br

 


Assessoria de Comunicação - Fehoesg - 04/08/2017

 

Newsletter

Casdastre-se para receber nossos informativos:

 

Federação dos Hospitais do Estado de Goiás

Rua 24 nº 202, Qd 77 Lt 26, Setor Central
CEP 74030-060 - Goiânia - Goiás

 

Telefone:(62)3093-4309

 

fehoesg@fehoesg.org.br

GOsites